O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado hoje, 5 de junho. Separamos aqui, 5 formas de ajudar a preservar o meio ambiente e garantir mais qualidade de vida para todos:

 

#1 - Economiza água? 

Economizar água é, com certeza, uma das primeiras atitudes a serem reforçadas quando se fala em proteger o meio ambiente. 

A água, como sabemos, é vital para a vida de praticamente todo ser vivo. Porém, ela é finita. Um dia a água do planeta pode acabar, se não forem tomadas medidas necessárias para preservá-la. 

Seja em casa ou no trabalho, confira algumas dicas de como economizar água no seu dia a dia: 

• A mangueira desperdiça muita água, então, evite usar para lavar o carro, o quintal ou a calçada

• Regue as plantas à noite ou de manhã bem cedo. Além de evitar choques térmicos para as plantas, isso também ajuda-as a aproveitar melhor a água, já que a evaporação é menor

• Tome banhos curtos e aproveite quando está se enxaguando para escovar os dentes

• Uma descarga mal regulada pode desperdiçar muita água. Por isso instale uma válvula e faça manutenção regularmente

• Na hora de lavar louça, não deixe a torneira aberta - só ligue na hora de enxaguar.

• A água clorada pode ser reutilizada. Por exemplo, você pode usar a água que serviu para desinfetar frutas e verduras ou na limpeza da caixa, para lavar o quintal e limpar banheiros

• Inspecione e conserte vazamentos. Realizar a manutenção preventiva do sistema hidráulico da sua casa pode ajudar - e muito - a reduzir desperdícios

 

#2 - Proteger o meio ambiente economizando energia

Ainda que novos meios de geração de energia estejam sendo buscados, as que existem atualmente necessitam de cuidado e preservação. 

 O descaso, além de agredir o meio ambiente agride, também, o bolso, pois é alto o custo que pagamos pelos excessos.

Algumas alterações na rotina e uma melhor seleção na hora de comprar seus eletrodomésticos e eletrônicos, são fundamentais para proteger o meio ambiente. Confira:

 • Não sobrecarregue as tomadas, conectando vários aparelhos ao mesmo tempo. Os fios esquentam, o consumo – e sua conta de luz – aumentam consideravelmente

• Substitua as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes ou, ainda melhor, use lâmpadas de LED: gastam 75% menos energia, além de durar muito mais

• Use o ar-condicionado com moderação. Também é uma boa prática desligá-lo pelo menos uma hora antes de sair do escritório

• Ao fechar a geladeira, verifique se a borracha está vedando o eletrodoméstico corretamente. Além disso, não encha muito as prateleiras. Isso aumenta o consumo de energia, já que a geladeira precisa trabalhar mais para manter a temperatura

• Para lavar e secar roupas, procure esperar para ter a quantidade máxima de roupa indicada pelo fabricante da máquina

• Evite passar poucas roupas. Acumule uma quantidade razoável de peças e passe tudo uma única vez

 

#3 - Reciclagem e redução do lixo para ajudar o planeta

A criatividade pode ser uma grande aliada na hora de preservar o meio ambiente

 Você recicla? A reutilização de materiais para novos fins e a redução do lixo seco é fundamental para evitar a sobrecarga de resíduos lançados ao planeta.

 Isso porque os materiais secos têm, geralmente, uma baixa taxa de decomposição. Ou seja: demoram muito para se decompor, e durante todos os anos em que passam pelo processo lançam líquidos e gases que são prejudiciais ao meio ambiente. 

 Fora o fato de ocuparem muito espaço, já que a produção de lixo seco do ser humano só tem aumentado com o passar dos anos. Isso tudo tira dos animais uma área do seu habitat, além de representar um verdadeiro perigo para esses seres vivos.

 • Evite comprar mercadorias com muitas embalagens

• Separe o lixo úmido do seco

• Recicle: reutilize embalagens e outros materiais recicláveis, oferecendo-os novas funções

• Prefira sacolas reutilizáveis para fazer compras

• Você sabia que a média mundial de consumo de papel é de 58 kg por ano? Isso quer dizer que cada pessoa consome, em média, 0,6 árvore por ano. Então, reduza o uso de papel o máximo possível. Você pode começar utilizando sempre os dois lados da folha

• Outra dica para economizar papel é pagar suas contas online e só imprimir o que for realmente necessário

• Tenha uma caneca para usar no trabalho. Os copos de plástico nem sempre são separados e encaminhados para a reciclagem. E, mesmo quando são, é muito melhor evitar o uso do plástico

#4 - Descarte responsável para proteger a natureza

Materiais químicos ou eletrônicos não podem ser jogados na natureza. O descarte correto é fundamental para evitar uma contaminação do solo e do ar, o que prejudica a saúde de todos os seres vivos. 

 Inúmeras empresas já se comprometem com uma política de logística reversa, funcionando como postos de coleta desses materiais.

 

Para contribuir, algumas outras dicas:

 • Não jogue as pilhas no lixo comum. A Prefeitura, escolas municipais e casa da agricultura  tem coletor de pilhas e baterias onde são destinadas corretamente para empresa de logistica reversa. Pois Se mal descartadas, elas podem contaminar o solo e lençóis freáticos. 

• Não descarte o óleo de cozinha na pia ou no lixo comum. Além de entupir tubulações, atrapalhando processos de tratamento de água e esgotos, pode contaminar os lençóis freáticos. Guarde o óleo usado em garrafas de vidro ou garrafas pet, e descarte-o em postos de coleta. Casa da Agricultura, postos de saúde e nas escolas municipais. 

• Não jogue pneus velhos em qualquer lugar. Além de auxiliar na proliferação de doenças, como a dengue, é prejudicial ao meio ambiente, pois polui o solo e a atmosfera. 

• Equipamentos eletrônicos têm sido um problema para o meio ambiente. Isso porque as pessoas trocam de celular, por exemplo, com frequência - e nem sempre sabem como descartar os produtos que estão fora de funcionamento. Periodicamente a Prefeitura realiza campanhas de coleta guarde os materiais e na campanha destine-os para a coleta correta,  contribuindo para o descarte responsável.

 

#5 - Como preservar o meio ambiente ajustando sua alimentação

Seja no processo de criação, seja para a logística de alimentos, animais ou vegetais, o ambiente sofre um impacto maior em função dos grandes produtores. Para ajudar, você pode repensar o seu consumo, valorizando, por exemplo, pequenos produtores da sua região. 

 • Aproveite os ingredientes regionais e alimentos da estação

• Use o máximo dos alimentos. Talos, folhas, sementes e cascas possuem alto valor nutritivo. Eles podem ser utilizados em diferentes receitas, o que ajuda a reduzir o lixo e o desperdício

• Falando em desperdício, procure se servir com consciência. Muitas vezes, colocamos no prato mais do que conseguimos comer

• A panela de pressão é sua aliada. Feijão, arroz, macarrão, carne, peixe, além de legumes e verduras cozinham mais rápido. Você pode economizar até 70% de gás assim

• Planeje o cardápio da semana. Assim você evita comer por impulso

 

#6 - Consumo consciente para preservar o planeta

Você realmente precisa ter o mais novo lançamento de celular? Ou o carro do ano? Repensar as atitudes como consumidor pode ajudar na construção de uma relação mais saudável, tanto com os produtos comercializados, quanto com o dinheiro.

 Além de economizar e aproveitar melhor os recursos financeiros, contribuímos para uma redução significativa de lixos, sejam de embalagens ou de equipamentos e produtos obsoletos. 

 • Utilize materiais escolares ou de escritório até o seu fim antes de comprar novos materiais

• Aproveite materiais recicláveis para fazer outros produtos, ao invés de comprá-los. Garrafas PET podem, por exemplo, ser transformadas em potes para plantas 

• Não compre mais do que o necessário, sejam roupas, sapatos ou, até mesmo, alimentos

• Opte por marcas com consciência ambiental, que desenvolvam algum trabalho ou ofereçam uma política de logística reversa, facilitando o descarte dos materiais

• Escolha produtos com menos embalagens e, se possível, dispense as sacolas plásticas

 

#7 - Produtos orgânicos e agricultura familiar

Consumir os alimentos em sua forma mais natural é uma maneira de respeitar e preservar o meio ambiente

 Como já mencionamos anteriormente, tanto a alimentação quando o comportamento de consumo podem ser altamente prejudiciais ao meio ambiente. Uma forma de contribuir para a preservação do planeta é repensar sua relação com o alimento, avaliando o cenário como um todo. 

 O produto que você está comprando é de produtores responsáveis e conscientes? 

Ainda que você possa estar pagando um pouco mais caro pelo produto, ao consumir alimentos em sua forma mais natural possível é ter a certeza de estar fazendo a sua parte para cuidar da natureza. Além, é claro, de ser a melhor forma de manter a sua saúde em dia.

 • Compre de pequenos produtores da sua região

• Construa seu cardápio com base nos alimentos típicos de sua região

• Tenha uma horta em casa. Mesmo quem mora em apartamento pode plantar temperos, frutas e salada em uma quantidade suficiente para o seu próprio consumo

• Utilize os restos de alimentos como adubo para sua horta ou plantas

 

#8 - Transporte coletivo, compartilhado ou ecológico

 Mas, ainda que você opte por andar em seu próprio veículo, algumas mudanças podem ser efetuadas no seu dia a dia para contribuir:

 • Ofereça carona aos seus colegas de trabalho, ou façam rodízio de motorista: cada dia o grupo vai com o carro de um, auxiliando o meio ambiente e desafogando o trânsito das ruas;

• Opte por outros meios de transporte quando possível, como bicicleta ou caminhadas

• Escolha veículos com menos emissão de gases ou, se puder, opte pelas versões mais modernas no quesito ecológico, como os carros elétricos 

 

#9 - Ensine seus filhos a cuidar do meio ambiente

É durante o desenvolvimento infantil que as crianças acumulam valores e ideais que vão nortear toda a sua vida. Por isso, é nesse momento que os pais devem começar a compartilhar com os seus filhos a importância de cuidar do meio ambiente, sendo exemplos de ações de preservação e respeito com o nosso planeta.

 • Seja o exemplo do seu filho: lembre-se que as crianças aprendem muito mais com o que você faz, do que com o que você fala

• Ensine de onde vem a água e como é ruim para o planeta quando a desperdiçamos 

• Mostre que toda comida que sobra acaba virando lixo, e conte que os aterros são áreas de grande contaminação. Assim, você resolve dois problemas com um ensinamento só: preserva o meio ambiente e incentiva a criança a comer tudo

• Crie momentos do desapego, para que a criança selecione roupas e brinquedos para doação. Você ensina a forma certa de descartar esses itens: fazendo outra criança feliz

• Ensine sobre consumo. A criança não precisa (nem deve) ter tudo o que ela quiser, mas somente o que lhe é necessário 

 

#10 - Evite a contaminação do solo, água e do ar

Faça a ligação de esgoto na rede coletora quando não for possível faça a instalação de unidade sanitária individual, evitando assim o lançamento irregular de esgoto na natureza. 

Ontem aconteceu o o Treinamento de Representantes Municipais para Elaboração, Revisão e Implementação de Planos Municipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos no auditório do Consaúde, em Pariquera-Açu. Realizado com o apoio da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e da Prefeitura de Pariquera-Açu, o evento foi promovido pela prefeitura de Juquiá através do Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira (Codivar), em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) e a Agência de Proteção Ambiental da Suécia (Sepa).

O objetivo do evento é fomentar ações de cooperação, financiamento, técnicas de comunicação, boas práticas nacionais e internacionais, compartilhamento de ferramentas para gestão adequada de resíduos sólidos, entre outros temas.

Durante o evento foi oferecido um café, com diversos tipos de pães - muito elogiados, produzidos pelos alunos da Padaria Artesanal, do Fundo Social.

Página 1 de 4

Últimas Publicações

© 2018 Prefeitura Municipal de Pariquera-Açu. Todos Direitos Reservados.